Justiça poderá bloquear verbas da educação em Campo Formoso caso impasse permaneça

Compartilhe

Os servidores da educação ficaram de fora do termo de ajustamento de conduta (TAC) que garante em parcela única o pagamento dos salários de dezembro de alguns servidores partir desta terça-feira (21). O documento foi assinado por um representante da gestão pública de Campo Formoso (BA) na promotoria de justiça.

Em entrevista ao jornal 98 Notícias, o promotor José Carlos Rosa disse que no próximo dia 28 haverá uma audiência com sindicato, gestão do município e juiz para resolver a situação. Ainda de acordo com o representante do ministério público, foi feito um pedido ao Banco do Brasil para emitir o extrato dos repasses do Fundeb desde dezembro.

O promotor José Carlos disse também que o juiz poderá determinar ou não o bloqueio dos recursos da educação na próxima semana, caso não exista acordo.

Site da 98FM

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.